Rubor Natural

quarta-feira, dezembro 11, 2013




Blushes, ai blushes, a minha colecção já passa os 50, mas há uns em particular que me enchem as medidas todas, os em creme!

Cada vez que procuro um novo, os meus olhos recaem para este acabamento, mas porquê?
Dão um ar mais natural porque se adaptam na perfeição à textura da nossa pele, não ficam artificiais e poeirentos, não desaparecem com o tempo e toques e por fim dão ali uma ilusão de profundidade e de rubor natural que mais nenhum consegue.

Portanto, tudo o que um blush deveria ser.


 


Naturalmente quando ouvi que a minha querida Bourjois (que me acompanha desde a adolescência e as primeiras maquilhagens) iria lançar uma colecção de blushes em creme o meu coração palpitou, mas aguentou, esperou e aguardei que chegassem a Portugal para lhes pôr a vista em cima (e os dedos).

Foi difícil acreditem, as perfumarias aqui das redondezas tinham os testers mas ainda não tinham o produto, experimentei-os e tive que me render , conquistaram-me logo, as cores, o brilho, a textura, acabamento e principalmente a duração, os “swatches” que fiz na mão ficaram o dia inteiro,  mesmo esfregando não mexiam do sitio, agora só restava esperar que os malandros chegassem.


 


Alguns dias depois de chegarem, decido-me a comprar o primeiro, mas não tenho coragem de o estrear de tão bonitinho que só ele, parece um macaron.



Voltei e comprei mais um, aconteceu o mesmo, e disse a mim mesma, vou ter que os ter a todos não é? 
Dito e feito: ou todos ou nenhum. Além disso já estava a mentalizar-me para fazer este post, porque sabia que iam adorar o produto e assim eu podia ajudar-vos a escolher que tom comprar em primeiro.



 






As Cores

 





O mais clarinho e discreto de eles todos, é um tom pêssego muito suave, sem brilhos, super inocente.



 




Também ele um pêssego mas ligeiramente mais vivo e escuro, com brilhos dourados muito finos.

 





Passamos para o cor-de-rosa, um rosa  frio e seco, bastante discreto, mas tal como o anterior também tem brilhos finos, mas prateados.



 





O mais forte deles todos, é um rosa “carne” bem escuro e mais avermelhado sem brilhos.



 



Embalagem pequenina e prática, muito amorosa.

 



 



Embalagem


 


Prática, leve, de plástico resistente, com íman que a fecha sem esforço, não é por encaixe ou trinco, a cor exterior é exactamente a mesma do blush, incluindo os brilhos. Tem um espelho interno mas não tem aplicador, o ideal é mesmo usar os dedos ou com um pincel duo-fibre.


 


Produto


 


Tem 2,5g de produto, o que já é norma também nos blushes em pó da marca, acho pouco, mas pronto, qualquer blush para mim deveria ter 4g no mínimo.
Para compensar, a sua textura cremosa é estilo mousse, ao passar na pele transforma-se numa espécie de pó húmido que se agarra à pele permitindo trabalhar com ele e esfumar sem deixar marcas.


Depois de seco fica mate e já não borra para lado nenhum, fica fixo à nossa pele como um “stain” mas com um efeito “segunda pele” muito leve, nem o sentimos, a pele respira e fica flexível.
No geral têm pouca pigmentação, por isso não é daqueles blushes que temos de aplicar com cuidado para não ficar de "mais". 


 


 



 







Resumindo, adorei o blush, a formula, as cores, embalagem, quase tudo!


Podia ser maior é verdade, também poderia ser mais barato, mas tem uma excelente qualidade que vale o investimento!


Qual o vosso preferido?


 


 


 


Preço?


Cerca de 14€


Onde encontrar?


Perfumes e Companhia, Sephora, Continente


Online Aqui


 



Posts Relacionados

0 COMENTÁRIOS