Fotografia Instantânea

quinta-feira, abril 17, 2014




Há alguns anos comecei por ver mini “polaroids” em algumas fotos pelo tumblr, depois nos backstages dos desfiles de moda internacionais,  e mais tarde descobri a origem delas, esta menina!

As tais mini polaroids que vemos vêm das maquinas Instax da Fujifilm, que também produz este tipo de câmaras instantâneas desde os anos 90, mas nunca foram muito conhecidas porque a Polaroid detinha a patente (que entretanto expirou) e a fama cultivada desde os anos 70.

Mas entretanto a Polaroid acabou com a produção das recargas instantâneas em 2008, altura em que a fotografia digital estava cada vez mais em “altas” e este tipo de fotografia foi meio esquecido ali na gaveta, eu própria tenho uma Polaroid (da Barbie hein?) e já era difícil arranjar cartuchos e os mesmos eram muito caros, e pronto, uma coisa alia-se à outra e ficou de lado.

Entretanto depois de descobrir de onde vinham aquelas pequenas fotografiazinhas não me saiu da cabeça a maquineta, foi inicialmente lançada com o modelo Instax Mini 7 em 2007 e em 2012 sai um novo modelo que a vem substituir, a Instax Mini 8, que é esta que aqui mostro, até há pouco tempo nem sabia que se vendia em Portugal, porque realmente não têm qualquer tipo de publicidade ou divulgação, mas um dia encontrei-as refundidas la num cantinho da Fnac e ficaram-me atravessadas, vai não vai? Compro não compro, não tinha bem a certeza, até que...

Depois de finalmente a testar ao vivo e a cores no evento de Bloggers Lisbon Blinner, decidi que tinha de ser, tinha de ser minha!

Não é linda linda linda? Desculpem a repetição, mas adoro tudo nela, o formato arredondado, o design, o tamanho, e claro a cor, escolhi o branco, dentro das cores disponíveis (rosa, azul, amarelo, preto, branco), adoro branco e achei que é uma cor da qual nunca me fartarei, adoro tecnologias em branco, há pelo menos 7 anos que só compro telemóveis brancos, entretanto os portáteis e tablet também são brancos.

Topo com a ranhura de onde saem as fotografias + parte de trás onde se encaixa os cartuchos e onde tem o "óculo" para ver


Lente recolhida e fechada + Flash e sensor de luz

Modos de fotografia Interior, Nublado, Sol... + Contador de fotografias disponíveis


Os cartuchos
Dois cartuchos de dez fotografias cada em cada caixinha de recargas



Como utilizar?


Basta abrir a tampa traseira, com um simples empurrão, desembrulhar o cartucho que vem devidamente selado numa espécie de papel metalizado para proteger da luz e temperaturas, e encaixar simplesmente o cartucho de acordo com a imagem, até tem uma marquinha amarela para “guia”, tem de bater no mesmo sitio exacto!

Agora para ligar a máquina? Não há botões de on/off lamento, há simplesmente um botão de alavanca, que puxa a objectiva para a frente e abre a tampinha da lente, é um sistema mecânico que aciona a maquina para funcionar.

A primeira foto de cada cartucho não existe, é sempre a maneira de retirar a película que protege as fotografias da luz, será uma tampinha preta de plástico que sairá pela maquina e não uma fotografia como se pensaria, por isso escusam de “pousar” para a primeira foto :P

Bem, agora basta selecionar a cena do tipo de espaço onde se encontram, seja casa, rua, ao sol, à sombra... Olhar pelo visor e clicar no botão da frente, que está perfeitamente desenhado para ficar por baixo do nosso dedo indicador quando agarramos na máquina com a mão direita, e click! Fez-se magia!



As fotografias têm o tamanho exacto de um cartão de crédito/visita comum, por isso são excelentes para andar na carteira sem dobrar ou marcar, mas também as podem pendurar num quadro de cortiça, fazer uma montagem com várias e pôr numa moldura, colar ao frigorifico, fazer uma surpresa a alguém, dá para fazer N coisas, a imaginação é o limite!








Adoro o look retro que as fotografias têm, é um Instagram manual! Podemos brincar com as luzes que se usam, tapar o flash com plástico colorido (que é sempre automático) entre outras coisas que podem descobrir pelo Youtube.
Seja para um momento zen em casa, uma festa de aniversário, uma maquilhagem maluca, aquele dia especial, o fim de semana fora, podem guardar alguns momentos logo ali naquele instante e naquele pedaço de papel, que de papel pouco tem, as fotografias são todas plastificadas, não deixam dedadas e podemos escrever na parte branca, colar autocolantes, deixar uma marca de batom, o que quisermos, são resistentes e duradouras, se não estiverem em contacto directo com o sol não perdem a cor e contrastes com o tempo.



É muito fácil de mexer, não tem nada que saber, é só olhar, apontar e carregar, uma criança pode descobrir outra realidade da fotografia como nunca viu, provavelmente só viu digital até ao momento, a avó que não percebe nada pode muito bem tirar uma foto da família, do gato, da nova toalha de crochet que fez, é um brinquedo sem idades e com o mesmo gosto em comum, a magia da fotografia no momento!

Dica
Consegue-se a melhor focagem em distâncias mínimas de 60cm e máximas de 2,70m, isto porque não tem foco automático, por isso torna-se ideal para fotografias de pessoas a meio corpo e corpo inteiro, animais, coisas, envolvidas em algum ambiente, ou com alguma paisagem por trás.

Curiosidade
No Ebay encontramos centenas de acessórios para a máquina, desde cartuchos com o papel com padrões, autocolantes para a moldura, malinhas para a transportar, mini espelhos para tirar "selfies" entre outras coisas super giras!



E vocês também se renderam? É um brinquedo e uma alegria autêntica para os momentos de familia e amigos!

Preços? Onde encontrar?
Máquina Fujifilm Instax Mini 8 cerca de 80€ já com uma recarga de 20 Fotografias
Cada recarga de 20 Fotografias cerca de 24€
Lojas de tecnologia como Fnac ou Worten

Posts Relacionados

0 COMENTÁRIOS