MAC Studio Waterweight

segunda-feira, janeiro 25, 2016


Há alguns meses que andava a tentar comprar esta base sem sucesso, a minha cor de Inverno (NC15) estava sempre esgotada em qualquer loja que fosse, acreditem, procurei na Noruega, Alemanha e Espanha e em nenhuma tive sorte, até que finalmente tive a sorte de apanhar um dia em que tinham recebido stock recentemente já aqui em Portugal, quem compra MAC sabe o desespero que é por vezes esperar que venha stock "daquele" produto que tanto queremos e por vezes vêm tão poucas unidades que voam logo.

Bom, mas voltando à base, é a MAC Studio Waterweight SPF 30 Foundation, continuando o recente surto deste tipo de bases a conta gotas ultra leves e fluidas, são as bases para quem não gosta de sentir que está a usar base, a MAC mais uma vez procura superar a concorrência prometendo coisas que soam como música para os nossos ouvidos como:

“Uma base inovadora que oferece cor  numa fórmula gel-sérum, proporcionando uma cobertura ultra fluida. Com textura leve, a fórmula é extraordinariamente confortável permanecendo na pele por horas. A cor mantém-se inalterada com uma cobertura translúcida a média, disfarçando suavemente imperfeições, como poros e linhas finas. O aplicador exclusivo oferece gotas de perfeição.“

  • Textura - Diria que é uma espécie de "aqua-gel", dá para ser trabalhada mas não deve demorar muito porque eventualmente começa a secar e fixa, criando uma película muito leve no rosto a imitar a nossa própria pele.
  • Cobertura - Tem uma cobertura leve a média, pode ser aplicada uma segunda camada sem que fique com aspecto "cakey", como é tão fina e natural não vai pesar muito, apesar que se tivermos zonas mais secas começa-se a notar a textura e não fica bonito. No geral uma camada cobre a maioria das pequenas imperfeições, dá uma "disfarçada" geral, apenas precisando um toque de corrector nas olheiras para iluminar mais a zona. Mas se tiverem muitos problemas a disfarçar na pele definitivamente não é a melhor escolha, há melhores opções como a Pro Longwear.
  • Duração - Na minha pele mista tem uma duração fantástica, mesmo sem pó nenhum dura-me bastante bem 8 a 10 horas impecável antes de começar a "desvanecer" um pouco, noto que é bastante resistente ao toque no geral, posso passar as mãos pelo rosto que não vêm besuntadas em base, ela fixa bastante bem para este tipo de base leve.
  • Acabamento - O acabamento é das coisas que mais gostei nesta base logo depois da duração, tem um acabamento semi-acetinado lindíssimo, sabem aquela pele natural, uniforme e hidratada que brilha e transpira saúde? É assim que a sinto, tem um glow fantástico sem ficar com aquele aspecto demasiado húmido e brilhante ou mate demais, diria que é uma segunda pele.
  • Pele - É uma base oil free e ainda rica em ingredientes hidratantes como vitamina E, mas não acho que seja uma boa base para peles secas por ser tão fina e seca, qualquer pelinha nota-se, em peles oleosas não me posso pronunciar muito, mas com base na minha experiência e pele mista penso que será uma boa opção a ponderar, de qualquer maneira peçam amostra ou experimentem na loja para ter a certeza. Mas uma coisa é certa, é uma base que exige uma boa pele hidratada por baixo, não dá para disfarçar. 
  • Protecção - Tem também SPF 30 o que ajuda às mais preguiçosas em saltar a etapa do protector solar, confesso que às vezes faço-o mas sei que não devo, é Inverno e tal, não há sol, mas não é recomendável, até porque a protecção nestes produtos não costuma ser tão boa e duradoura quanto um protector a sério, a própria avisa que não o substitui, é apenas um desenrasque e uma "garantia" maior de protecção caso não se use mais nada.
  • Aplicação - Já experimentei das várias maneiras, mãos, vários pincéis, esponja, e a melhor encontrada foi com um pincel bem compacto e com a ponta arredondada, utilizo o  novo Zoeva 116 Teardrop Cover, como a base é muito líquida este tipo de pincel ajuda a que não haja desperdício de produto.
  • Dica - É uma base que não funciona muito bem com cremes por baixo, tende a desfazer e não fixar, por isso o meu truque recomendado na questão dos cremes e séruns é aplicar pelo menos 20 minutos antes para deixar actuar e absorver e só depois coloco a maquilhagem. Por exemplo de manhã mal acordam tratam da rotina de limpeza e hidratação de rosto, vão tomar o pequeno almoço, vestem-se, penteiam-se e só depois se começam a maquilhar, isto serve para qualquer base no geral, a pele fica muito mais bonita e não há uma mistura de produtos que podem não combinar muito bem por vezes.

 METADE SEM E COM BASE
 APENAS BASE, BÁLSAMO, MÁSCARA DE PESTANAS E SOBRANCELHAS PREENCHIDAS

Preços? Onde encontrar?
Base MAC cerca de 33€ Nas Lojas MAC Lisboa, Porto e Faro e ECI's
Pincel Zoeva cerca de 17€ Na Kitchen Makeup 

Posts Relacionados

4 COMENTÁRIOS

  1. Adorei este post! Se há coisa que custa a entrar na minha rotina é a base, mas acho que a dica final vai fazer o milagre! Obrigada ❤

    ResponderEliminar
  2. Obrigada pela review detalhada!
    Para a minha preferência em bases, parece ideal. Gosto delas mesmo fluidas e de cobertura média, e nunca com acabamento matte. Querooo!

    www.perdidaemcombate.com

    ResponderEliminar
  3. Esta é a minha base "Finalmente!" Estou a usá-la desde Outubro/Novembro e não quero outra coisa. antes de a aplicar ponho o primer da Gosh (o pó branco) muito bem espalhadinho na cara - talvez por isso não note que os cremes a alteram. E uso o stippling brush da Real Techniques, também fica fantástica! (Ps - quando comprei a base, a menina impingiu-me o pincel para a aplicar, mas não o acho grade coisa - Julgo que é o 192 - é pouco denso e tem de se trabalhar muito a base.

    ResponderEliminar
  4. Por acaso adoro o acabamento que esta base tem!
    Se não tivesse decidido já em experimentar a da MUFE, era capaz de adquirir esta aqui ^_^
    Beijocas*

    ResponderEliminar

Escrever comentário...