Noruega

segunda-feira, setembro 12, 2016


Para quem anda distraído e ainda não reparou, estou fora do país há alguns meses, estou a viver e trabalhar na Noruega e são imensas leitoras que me pedem para falar e mostrar um pouco mais sobre este país ainda tão misterioso para a maioria de nós, que quando se fala em Noruega, pensamos em bacalhau e frio, mas há muito mais para além disso. Hoje falo um bocadinho sobre isso e mostro algumas imagens dos meus passeios.


Factos sobre a Noruega

- As Estradas, não sei se já foram para a zona da Guarda/Serra da Estrela/Sertã há umas décadas atrás, não havia auto-estradas, eram umas estradas estreitas onde só passa um carro e cheias de curva e contra curva, bom, aqui continua a ser assim em quase todo o lado! Só há auto-estradas (pagas) decentes para ligar as principais 3 cidades, sim neste país enorme. Conduzir aqui é uma autêntica aventura, nunca se sabe quando se apanha um camião ou autocarro pela frente, além disso eles não gostam de cumprir a velocidade máxima, quase sempre vão bem mais depressa do que deveriam.
Consequentemente demora uma eternidade para chegar onde seja, com sorte ainda se tem de apanhar 2 ou 3 ferries para atravessar fiordes, pontes não é com eles. Resumindo, se houver uma urgência tem de ser mesmo por helicóptero, com ambulância nunca mais era sábado. PS - É assim mais no litoral, de sul a norte, se formos mais para a zona interior/oeste (mais perto da Suécia) a paisagem muda, há menos montanhas e as estradas já têm menos curvas cortantes. 

- Os Túneis, sabem aqueles nossos túneis bonitos, rebocados em cimento, cheios de luzes que temos em Portugal? Pois bem aqui são o oposto, basicamente perfuram as montanhas que são pura pedra, e assim ficam, conseguimos ver a pedra toda partida nas paredes dos túneis, e a iluminação são uns candeeiros amarelos e muito fraquinhos, é um autêntico filme de terror, ah e há imensos e com vários quilómetros, o maior que passei tinha 21km, uma "never ending story".

- As Paisagens, já devem estar fartinhas de ver fotos das paisagens que meto no IG, mas realmente isto é tudo um conto de fadas, parece que estamos dentro de uma pintura antiga, montanhas, neve, árvores, lagos, cascatas, natureza no seu melhor, além disso também se encontra muitos animais selvagens, cabras, veados, raposas, furões, alces, no norte até se pode ver ursos polares. Os primeiros tempos que aqui estive depois de chegar ainda ficava extasiada sempre que saia à rua e via a paisagem. 

- A Comida, é nestes momentos que tenho saudades de Portugal e da nossa dieta mediterrânica, é um país onde os factores meteorológicos não são muito favoráveis à produção de alimentos, por isso a maioria dos produtos são importados, sendo que a comida tradicional é à base de carne de vaca e veado, peixe em conserva, frutos do bosque, queijos e natas, natas ah e natas!!! Eles colocam natas em tudo, há uma sobremesa típica que é do género de arroz doce, mas no final misturam com natas batidas e compota de arandos vermelhos. Há especialmente um queijo a que tenho um ódio absoluto, o Gamalost, e eu que sou louca por queijos de todos os feitios e tipos, incluindo bolorentos e fedorentos, odiei de morte aquele, resumindo é a mesma coisa que mastigar uma meia velha com 15 dias de uso intensivo, bonito hein?! Mas para compensar adoro outro queijo, conhecido internacionalmente como Brown Cheese, em norueguês é chamado Brunost, sabe basicamente a leite condensado cozido, é assim agri-doce, uma mistura de doce e salgado, é delicioso.

- Os Noruegueses, como em todo o lado há o lado bom e o mau, há as pessoas simpáticas, acessíveis e os carrancudos, arrogantes, mas no geral tenho notado isso em todas as idades, até os mais novos conseguem ser bem mesquinhos e mentes tacanhas, se calhar porque nasceram em berço de "ouro" e acham que o mundo gira à volta deles, (benesses de ter uma vida facilitada pela economia geral graças ao petróleo descoberto nos anos 60/70). No geral são um povo fechado e muito individualista, muito virados para o trabalho, engraçado como ao mesmo tempo que é considerado o país mais "feliz" do mundo e com maior qualidade de vida para se viver, também é um dos que tem maior taxa de suicídio, paradoxos da vida, além disso é um país enorme mas só tem 5 milhões de habitantes, sendo mais de 500 mil imigrantes.
No geral acho-os muito estranhos, para quem vem de um país caloroso e onde as pessoas falam abertamente as pessoas aqui parecem robots, programadas para utilizar aquela fachada socialmente correcta.

- A Água, é grátis, neste país não se paga água pública, a água literalmente brota por todo o lado, além disso é a melhor água que já bebi, melhor do que qualquer água engarrafada, e olhem que eu sou esquisita com água, toda a minha vida bebi água engarrafada e não pode ser qualquer uma, bebo 2 ou 3 marcas apenas.

- A Economia, é um dos países mais caros do mundo, para terem uma ideia por exemplo, uma cerveja  normal num restaurante/café custa entre 1,50 a 3€, aqui custa entre 8 a 15€, no supermercado não muda muito, uma cerveja custa 4/5€, para além disso no supermercado apenas se encontra cerveja ou cidra com um máximo de 4,7% de álcool, tudo o que for superior a isso só se vende numa loja de bebidas estilo garrafeira, que só funciona meia dúzia de horas por dia, fecha super cedo, também tem um limite imposto pelo governo do número de garrafas que se podem comprar dependendo entre vinho, bebidas brancas ou cerveja.
A história é semelhante com os alimentos, 1kg de tomate pode custar 5/6€, um pão (estilo de forma) custa 4/5€, tudo o que seja frescos, carne ou peixe é bastante mais caro, 3 ou 4 vezes mais. Os restantes produtos do dia-a-dia também são cerca do dobro do preço em comparação. Serviços é melhor nem falar ahah, uma consulta no Veterinário por exemplo anda à volta de 100€ e no dentista pode sair entre os 100 e 200.
Também se ganha mais não é? Mas não há um ordenado mínimo fixo pelo governo, por isso pode haver grandes oscilações entre o tipo de empresa ou género de trabalho, mas no geral o mínimo que pagam em qualquer lugar é cerca de 15€ à hora por trabalho não qualificado, e aqui as horas são todas contadinhas e pagas, não há cá uma palmadinha no ombro pelas horas extra que se faz no trabalho, há o pagamento justo como deveria ser em todo o lado. 
Também se trabalha menos, o limite mensal é de 154 horas, por isso sobra mais tempo para a família e descanso, no geral escritórios e outros trabalhos assim fecham às 15h ou 16h.
Também se desconta bastante, dependendo do valor recebido, desconta-se entre 30 a 36% do ordenado, mas este é bem aplicado na saúde, educação e outros serviços públicos. Por exemplo uma colega minha teve um acidente automóvel, destruiu um rail da berma da estrada, dois dias depois estava lá uma equipa a substituir por um novo, isto em Portugal era anedótico, ficava lá durante anos amassado!
As universidades públicas também são gratuitas. Quando se tem um bebé a mãe tem direito a 1 ano de baixa a receber 80% e o pai tem direito a 10 semanas, basicamente os dois primeiros meses que são os mais complicados, são estas pequenas coisas que fazem dos países nórdicos os mais bem geridos e com uma sociedade e economia equilibrada. Além disso a taxa de desemprego é mínima, apenas cerca de 3%.
A habitação é também ela é super cara, dependendo da zona claro há oscilações, mas por exemplo um T0 na cidade pode custar entre 900 a 1400€, um apartamento básico, não mobilado, sem nada incluído.
PS - Alguma informação poderá não estar totalmente correcta, não estou a par de todas as leis e direitos, sei o que me dizem por aqui e o que encontrei online.

Mais...
Se houver mais alguma coisa que me esqueci de falar ou que queiram saber deixem nos comentários, posso depois tentar responder!
Não estou a viver aqui, apenas venho trabalhar o Verão, fico durante 5/6 meses e depois volto para Portugal e passo um Inverno bem mais temperado, com sol e sem neve, o Inverno pode ser bem pesado por aqui, para além do frio há poucas horas de luz, ou mesmo nenhum sol (dependendo da zona do país), nem se chega a ver por detrás das montanhas.
Para compensar durante o Verão é o oposto, durante meses é difícil ver a noite, no pico do Verão nunca chega a escurecer mesmo, é de dia até às 00h e depois fica assim um pouco "lusco-fusco" e por volta da uma da manhã o sol começa a nascer de novo, quanto mais a norte estiver, mais luz há, e vice-versa durante o Inverno.

Deixo aqui algumas fotografias da zona onde estou e arredores que tirei durante alguns passeios.



























Posts Relacionados

24 COMENTÁRIOS

  1. Que paisagens tão lindas! Foi muito interessante conhecer algumas das curiosidades acerca da Noruega :)

    ResponderEliminar
  2. Que fotografias fantásticas!
    Adorei e fiquei cheia de vontade de visitar :)

    Beijinhos, Beatriz ♥
    http://beatriz-pedrosa.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  3. Tenho inveja de ti desde que foste para aí :p
    2 questões:
    - Tens noção se é relativamente fácil de arranjar emprego não falando norueguês? Em que áreas?
    - Como fazem com o transporte da Lola?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ahah, não tenhas, é bonito mas também farta, principalmente se viveres longe da cidade que é o meu caso.
      Penso que se fores para uma multinacional ou para a área do turismo como é o meu caso será mais fácil arranjar trabalho apenas com o inglês.
      A Lola veio na transportadora dela dentro do carro sem problemas, apenas precisava de um passaporte e ter as vacinas em dia. :)

      Eliminar
  4. Oh my, essas paisagens! <3 Pelo que descreves, não parece um país mau de todo, se formos sossegados - mas acho que não conseguia viver aí :p

    Jiji

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. ahah sim é um país super calmo, ideal para "fazer família", é incrível como as crianças andam sozinhas pela rua, as casas e garagem estão sempre abertas/destrancadas, deixam coisas na rua sem preocupação, é um sossego.

      Eliminar
  5. Olá Joana! Onde vive? Nós em Bardufoss...norte...norte...concordo com tudo o que li e o meu fb está recheado, felizmente, de fotos como estas :) boa sorte!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Vivo na zona centro, Sognefjord :) Obrigada!

      Eliminar
  6. A paisagem é LINDA mas eu não sei se conseguia ir para aí viver durante tanto tempo... no meio de nenhures :P

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. True, 6 meses é o meu limite para manter a sanidade mental ahaha

      Eliminar
  7. Edda da velocidade máxima permite-me discordar. Acho que aqui é uma seca conduzir porque os limites são muito baixos (em zonas muitas vezes em que se conseguia conduzir mais depressa!)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Estou a referir aos camiões e autocarros, nunca vão à suposta velocidade que deveria ser inferior, já os carros sim por norma cumprem, até demais por vezes. E sim, sei bem que os limites são baixos, mas ainda assim, nesta zona onde estou até é perigoso conduzir nos limites, quando mais acima...

      Eliminar
  8. Outra coisa super injusta : falas de veterinário e dentista mas não falas do médico de família: toda a gente tem e facilmente marcas consulta e pagas 150kr.. Se fores a ver em relação ao que recebes não é nada e tens isenção acima dos 200€ em medicação e consultas médicas .

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nossa, não me parece que esteja a ser injusta, parece que disse mal disso, para nós portugueses é um preço bizarro claro, mesmo que se ganhe o mínimo aqui continua a não ser barato(sim, pagar casa, comer, despesas e outras coisas não sobra muito para quem ganha 15€ à hora), os serviços no geral são caríssimos, mas como disse depois, também recebemos mais, está mais ou menos balançado. E sim a saúde tem um sistema muito bom aqui, tal como quase tudo neste país no serviço social e tal como disse, os impostos são bem aplicados, um exemplo que muitos países deveriam seguir.

      Eliminar
  9. Não é um ano de baixa a receber a 100%. São 8 meses a receber 100% OU 12 meses a receber 80%. Desculpa a quantidade de comentários mas estou no telemóvel e fui lendo enquanto dou sugestões ;)

    ResponderEliminar
  10. As paisagens realmente são lindíssimas mas o custo de vida é caríssimo (se bem que ganham para isso mas uma pessoa vê esses valor e sua logo ahah). Adoro que venhas cá passar o Inverno, living the best of both worlds ahah!

    Marta Rodrigues, Majestic

    ResponderEliminar
  11. Já há muito tempo que estava à espera dum post assim, obrigada Jael! Gostei imenso do que escreveste, incluindo as pequenas curiosidades que são sempre engraçadas (não fazia ideia de que as vias de transporte eram assim; e achei piada à sobremesa com arando que descreveste. Por algum motivo penso sempre em frutos silvestres quando vêm os países nórdicos à toa, não sei porquê eheh).
    E depois, as fotos são lindas, a Noruega é muito fotogénica :D
    Espero que as coisas te corram bem por aí. Cumprimentos!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada Mariana por mais um comentário destes!
      Sim as estradas também foram uma surpresa, eu que imaginava um país com auto estradas largas e infinitas como na Holanda, foi grande a desilusão LOL!
      Sim, frutos vermelhos definitivamente combinam com países nórdicos, eles nascem na floresta assim à toa, framboesas, mirtilos, arandos, podemos ir dar um passeio e apanhar :p

      Eliminar
  12. Belas paisagens. Adorava poder visitar!

    Isabel Sá
    Brilhos da Moda

    ResponderEliminar
  13. Adorei as paisagens e pelo que li os Suecos afinal são pessoas afáveis ao pé dos Noruegueses!! :D ahaha
    Beijinho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ah sim, tenho alguns colegas suecos e eles mesmos dizem que odeiam os noruegueses, super arrogantes e de nariz empinado!

      Eliminar
  14. Gostava tanto de ir à Noruega... Mas é que gostava mesmo de lá ir um dia! Adoro viajar, desde pequenina que adoro e já ando a ponderar esta viagem há algum tempo.
    Beijinho :)
    http://www.mariasemlimites.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Começa a planear a viagem, e poupa bastante, é tudo muito caro :p

      Eliminar

Escrever comentário...